Digite seu e-mail abaixo, e alavanque sua vida – e seu negócio – para o próximo nível!
* Anti-SPAM: Seus dados nunca serão vendidos nem repassados para terceiros.

Aprendizado Mentalidade

Uma Lição Única e Inspiradora para Sair da Zona de Conforto

Por

A zona de conforto pode aparecer de diversas formas, em diversos momentos da nossa vida. Já reparou nisso?

Para sair dessas situações a pessoa jamais deve esperar uma solução mágica, mas sim compreender o que se passa atualmente e também saber o que é preciso fazer para superar.

Será que você se considera realmente pronto para enfrentar os desafios que lhe são e serão apresentados nos negócios e na vida?

Se você respondeu sim, parabéns!

Caso contrário, esta é a hora ideal de você ler este artigo e assistir o vídeo abaixo!

Nele, compartilharei com você algumas dicas sobre como sair da zona de conforto e ser facilmente adaptável a mudanças, de maneira que esse desconforto não signifique um grande choque.

E ao longo do tempo, você conseguirá sentir-se mais confortável diante de outros desafios, ainda que esteja passando por um momento de medo ou incerteza, por exemplo.

Seu Vídeo Para Sair da Zona De Conforto:

Neste vídeo, gravado em Koh Phangam, na Tailândia, você verá situações desafiadoras que não só eu passei e eventualmente passo, como de várias outras pessoas.

Você também aprenderá uma lição para sair da zona de conforto. Todas as pessoas que superam algum desafio seguem essa lição.

Espero que possa encorajá-lo e inspirá-lo na sua jornada empreendedora!

Coloque esse vídeo no seu site (copie e cole o código HTML)

A zona de conforto compreende uma série de pensamentos, ações e comportamentos que alguém costuma ter e não lhe causa nenhum tipo de risco – pelo menos em um curto prazo.

Esse momento ou situação não causa nenhum medo, mas em contrapartida não proporciona um crescimento, por gerar uma certa acomodação e passar um sentimento de conforto.

Os principais tópicos que você verá no vídeo são os seguintes:

  • Importância de se realizar as tarefas devidas, mesmo que o momento pareça desconfortável, calculando-se os riscos a serem corridos;
  • Exemplos práticos de saída de zona de conforto, baseados em experiência própria;
  • A execução como forma de superação do medo;
  • Casos inspiradores de como sair da zona de conforto;
  • E muito mais…

Algumas dicas para você…

Sair da zona de conforto é fazer coisas diferentes do habitual, que muitas vezes podem não parecer agradáveis.

É superar-se, mesmo que seja em alguma atividade que já fazemos de forma costumeira.

Não importa o local de origem, idade, gênero, etnia ou classe social. Todos passamos por desconforto em vários momentos da vida.

Para quebrar a barreira e sair da zona de conforto será preciso empreender energia, isto é, realizar um esforço de forma consciente para atingir os objetivos.

Quando a superação da zona de conforto é feita de forma pensada e calculando-se os riscos, o processo ocorre de maneira mais fácil e o crescimento pessoal é inevitável.

Isso trará uma ótima recompensa ao inspirar outras pessoas a fazerem o mesmo e criar conexões não apenas pelos aspectos mais fortes, mas também com os pontos fracos em comum.

Ter autoconhecimento, clareza de propósito e atitude ajudam – e muito!

Quando o contrário ocorre, ou seja, ficamos paralisados diante de uma situação aparentemente confortável, a tendência é a procrastinação, que é deixar as coisas para depois.

Se uma barreira foi superada inicialmente, em outras vezes não parecerá algo muito difícil.

Que tal fazer da superação da zona de conforto um hábito em sua vida? Será um exercício muito interessante e que motivará você ainda mais!

Espero que as informações contidas neste artigo e no vídeo sejam úteis a você e contribuam para motivar quando houver uma situação desconfortável.

Por fim, se você está comprometido em sair da zona de conforto, sem enrolações e ainda criar conexões com pessoas incríveis, recomendo fortemente que faça parte do nosso clube de empreendedorismo digital (clique aqui), enquanto ainda há tempo.

O que você quer fazer agora?

Abaixo estão três simples coisas que você pode fazer agora mesmo:

  1. Se você gostou do artigo, compartilhe para ajudar outras pessoas a saírem da sua zona de conforto (clique aqui) e terem mais liberdade;
  2. Cadastre-se no nosso canal do Youtube (clique aqui) para receber nossos vídeos de forma prioritária e gratuita;
  3. Comente abaixo uma situação que você saiu da zona de conforto que fez a diferença para você e o que achou da lição passada no vídeo.

Em prol do seu sucesso,

Marcus Lucas - Assinatura  

“A Vida começa no final da sua zona de conforto.” – Neale Donald Wasch

Sua Transcrição: Uma Lição Para Sair Da Zona De Conforto

Marcus Lucas: Olá! Você está no Libertação Digital, o lugar para você elevar o seu negócio e o seu estilo de vida para o próximo nível.

E hoje, eu queria gravar um vídeo falando um pouco sobre a zona de conforto para vocês. E antes de a gente parar aqui nesta praia, que eu vim nela…

Na última vez em que eu tinha vindo para a Tailândia, eu fiquei nesta mesma praia, mas hoje e ontem, eu acordei com uma dor de garganta e uma dor de cabeça fantásticas, e eu fiquei pensando, também…

Como eu poderia gravar um vídeo para me inspirar, para inspirar a mim mesmo, quando eu estiver passando por um momento de desconforto no futuro.

Então, este vídeo não vai ser só para você, ele vai ser um pouco para mim também, quando eu estiver em momentos não tão bons, eu vou assistir ele de novo.

Vocês podem notar que a minha garganta está um pouco rouca, mas o importante é fazer este vídeo.

Obviamente, a gente sempre vai pensar em fazer alguma coisa desconfortável e analisar o risco também: Se vai ter um risco para a saúde… Está tudo tranquilo neste momento.

Mas o interessante é que em uma das turmas do nosso treinamento, a gente sempre tem alguns exercícios para a zona de conforto, para a gente fazer coisas diferentes e que, muitas vezes, são desagradáveis.

E um dos exemplos que já aconteceram na minha vida foi que quando eu estava na escola, no colégio, eu não conseguia ler em público.

E eu lembro de uma situação bem embaraçosa, em que a professora de Português pediu para eu ler alguma coisa na frente de todo mundo, e eu me borrava nas linhas.

Eu não conseguia ler aquilo. Eu travava, eu suava, não conseguia respirar.

E ela foi bem compreensiva. Ela notou que eu não conseguia, e ela passou para outra pessoa ler, mas foi bem desagradável aquele momento.

Até que me convidaram, no ano passado, não nesse ano, para palestrar em 2 eventos:

Um deles foi o TEDx, na universidade UFABC, e era para 400 pessoas aquela palestra…

Extrema pressão, porque o TED, a gente tem que palestrar de 15 a 18 minutos e tem que entregar a mensagem naquele tempo, não pode estourar o tempo.

Mas mesmo assim, para sair desses momentos zona de conforto, a gente tem que encontrar alguma energia e fazer acontecer. E muitas vezes, como a gente sempre fala, não vai ser confortável.

E algumas pessoas podem falar: “Ai, Marcus, mas para mim, é extremamente desconfortável!”

E é isto o que é interessante, porque para todo mundo é. Não é só para você!

É por isso que tem vezes em que acham que é difícil atingir objetivos, ou criar uma empresa, ou ter melhores relacionamentos.

Porque muitas vezes, vai ser desconfortável.

A gente vai ter que dar muita energia em direção a alguma coisa para sair daquela zona de conforto, e quando a gente quebra uma vez, fica mais fácil quebrar as próximas barreiras.

Então, na próxima vez em que você for fazer alguma coisa diferente, não vai ser tão difícil assim.

E nestas turmas, em uma das turmas, a gente faz um exercício de zona de conforto, e teve uma querida escritora, que eu adoro muito: a Aline Gondin…

Que um dos exercícios era fazer um vídeo se apresentando, falando das qualidades que a pessoa tem e o que poderia oferecer ao grupo, para a gente conhecer um pouco mais ela e agregar bastante valor.

E eu lembro especificamente desse vídeo da Aline, de apresentação, em que se eu não me engano, ela tinha recém trocado o aparelho odontológico dela e estava doendo.

Ela gravou aquele vídeo e falou assim: “Olha, está doendo, mas mesmo assim, é um momento que eu tenho que fazer para entrar em sinergia, em interação com todo mundo aqui.”

E ela começou a se apresentar e ficou fantástico o vídeo!

Porque todo mundo, a partir daquele momento, começou a conhecer um pouco mais dela e também souberam desta qualidade que ela teve: a de que mesmo sendo desconfortável, ela buscou fazer esta atividade.

Algumas pessoas procrastinam, algumas coisas, deixam para a última hora, mas o importante foi que aqueles que fizeram, alguns deles, que nunca tinham feito esta atividade, quebraram uma barreira ali!

Que viram que sim, é possível e, muitas vezes, fica muito melhor que a gente imagina ficar.

Então, um abraço muito forte para a Aline! Ela inspirou muitas pessoas no grupo a sair da zona de conforto, e eu até falei que ela era a nossa Katy Perry do grupo.

E muitas pessoas, quando eu coloquei esta frase no comentário, eu coloquei: “A Aline é a nossa Katy Perry do grupo”.

A Katy Perry, para quem não sabe, ela é uma cantora de um estrelato fantástico, e muitas pessoas falam:

“O que tu estás falando, Marcus? Por que tu estás falando sobre a Katy Perry? Não tem nada a ver com zona de conforto o que tu estás falando!”

E é compreensível. Muitas pessoas… Obviamente, eu não coloquei, não me expressei bem no meu primeiro comentário, e até você, agora, que está assistindo, pode pensar:

“O que que este nômade digital está em uma praia gravando e falando da Katy Perry?” Não é? Pode ser alguma coisa meio absurda para algumas pessoas.

E é compreensível, muitas vezes, também, porque muitas áreas no Brasil também são muito machistas. Então, a gente já pensa: “Por que está falando de uma pessoa que está na indústria de entretenimento?”

Mas em 2012, a Katy Perry foi eleita a mulher do ano, pela Bill Board, e em 2014, pela Helen Style Magazine.

E eu recomendo que vocês assistam o vídeo dela antes de julgarem, porque é muito mais fácil julgar antes de fazer alguma coisa.

No vídeo dela, naquele ano, ela fez o documentário sobre a vida dela, ela fez um tour mundial enquanto fazia esse documentário da vida dela…

Que deve ser extremamente difícil ir de país em país, com fuso horário e ter que entregar o máximo de desempenho, a alta performance dela em cada show que ela fez.

Mas não só ela estava fazendo este tour mundial e o documentário, mas também estava passando por um grande momento difícil da vida dela, que foi o divórcio dela.

E exatamente em um momento do filme, ela está na cama com depressão, por causa do divórcio dela, e ela tinha que se levantar e fazer o show, e ela não queria fazer.

Naquele momento do filme, alguma coisa estalou nela, alguns minutos antes de começar o show, acredito que uns 5 minutos. E mesmo com todo aquele desconforto dela.

Ela conseguiu se levantar daquela angústia, daquela depressão, subir no palco, mesmo que algumas vezes, a gente tenha que forçar um sorriso e entregar um show de qualidade.

Então, ela fez o trabalho que deveria fazer. Por isto é que eu falei que a Aline Gondin é a nossa Katy Perry do grupo, porque mesmo estando naquele momento de dor, ela conseguiu entregar aquela mensagem e fazer a tarefa, e agora, ela é a nossa Katy Perry do grupo.

Eu quero que este vídeo não só inspire um pouco vocês, mas a mim mesmo também, no futuro, quando eu procrastinar em fazer alguma coisa importante e eu me sentir desconfortável, porque algumas vezes, a gente tem que dar um passo de fé e fazer as coisas com um propósito maior.

Então, este vídeo, espero que tenha inspirado vocês também! Sou o Marcus Lucas, fundador do Libertação Digital e vejo você em breve!

Se gostou, dá um joinha! Vejo você em breve! Um abraço!

Fique Atualizado, É 100% Grátis!

Gostou deste artigo? Então digite seu e-mail para receber atualizações:

Você superou alguma situação para sair da zona de conforto que te trouxe crescimento? Participe das discussões, comentando abaixo. 🙂

ARTIGOS RELACIONADOS
OSAKA, JAPÃO

Marcus Lucas, além de Mestre em Sistemas de Informações Globais e Telecomunicações pela Waseda University, Japão, é empreendedor digital nômade e autor, apaixonado por automação de negócios e lifestyle business.

Assine nosso Canal do YouTube!

Assine para receber novos vídeos quando postados no Canal:

Instagram
  • Você já se imaginou criando algo pela internet que permita com que você possa trabalhar de casa ou de qualquer lugar do mundo?Há 10 anos atrás arrisquei criar algo próprio do zero, praticamente enquanto joguei no lixo dois diplomas (um de graduação e outro de mestrado). .E, naquele processo de arriscar, escutei muitos amigos e entes queridos me chamando de louco.Felizmente, apesar dos erros também vieram os acertos.E aqueles que me chamaram de louco agora estão enfurnados em um escritório trabalhando, muitos sendo mal pagos, enquanto posso viajar o mundo e trabalhar em projetos que eu tenho paixão.Portanto, seja louco, meu amigo.#nomadedigital #nomadesdigitais #ganhardinheiroonline #negociosdigitais #empreendedores #negocioonline #viajantes #templos #kiyoto #japao #culturajaponesa
  • Nunca pensei que poderia estar em uma das melhores formas da minha vida aos 35 anos..É quando percebemos novamente que o poder está na nossa mente..Seja para melhorarmos nossa saúde, corpo, relacionamentos ou negócios..Não desista, persista. Você é sensacional!.#osaka #saude #saudeemocional #fitness #transformacao #nomadesdigitais #japão #mudançadevida #mudançadehábitos #academia #nopainnogain #jejumintermitente
  • Such a cute temple. #temple #japan #namba #religion #osaka #spirituality #japanesetemple
  • Study hard play harder. The only westerner in our class. #japanese #japaneselanguage #osaka #osakajapan #japan #language #languagelearning #classmates #classmate #international #internationalfriends

Follow Me!

Fique Atualizado!

Digite seu e-mail abaixo e receba nossas atualizações gratuitamente: