Digite seu e-mail abaixo, e alavanque sua vida – e seu negócio – para o próximo nível!
* Anti-SPAM: Seus dados nunca serão vendidos nem repassados para terceiros.

Aprendizado Estilo de Vida Negócios Vídeos Diários

Respondendo Suas Dúvidas sobre Trabalho Remoto como Nômade Digital

Por

O trabalho remoto hoje é uma realidade e há várias maneiras de realizá-lo, seja em um emprego tradicional ou até mesmo pela Internet.

Esta segunda forma chama a atenção de muitas pessoas e motivos para isso não faltam.

Pode ser passar mais tempo em casa para passar com a família, viajar, aprender uma nova atividade, empreender, dentre outros.

Mas quando falamos em se tornar um nômade digital, existem algumas perguntas.

Isso acontece porque a pessoa está acostumada com um modelo de trabalho e vai partir para outro totalmente desconhecido. Daí surgem as dúvidas, o que é perfeitamente normal.

Este artigo contém as respostas para as seguintes questões:

  1. Como e por onde começo um trabalho remoto?
  2. Quanto tempo é necessário para se tornar um nômade digital?
  3. É preciso ter um tutor ou mentor para trabalhar independente de localização?

Prepare papel e caneta para anotar os pontos mais importantes!

Respondendo Suas Dúvidas sobre Trabalho Remoto Como Nômade Digital

Ser um nômade digital implica, necessariamente, em trabalhar de forma remota, ou seja, utilizando um computador e conexão com a Internet.

Existem duas formas principais para que possa ser um nômade digital, uma é prestando serviços e a outra é sendo empreendedor.

Assista o vídeo abaixo, onde eu respondo três perguntas sobre trabalho remoto!

1. Como e por onde começo um trabalho remoto?

Existem duas formas para se trabalhar como um nômade digital.

Uma é sendo freelancer, ou seja, você presta serviço à distância para outras pessoas.

Entre as atividades estão design gráfico, programação, escrever artigos, edição de imagens e de vídeos, e muitas outras.

Algumas plataformas fazem a conexão entre o freelancer e o contratante do serviço, o que facilita o contato entre ambas as partes.

O porém é que, mesmo com o trabalho remoto, essa modalidade consome tempo.

A outra forma é sendo um empreendedor digital, na qual se cria um projeto uma vez e o monetiza por múltiplas vezes.

Para que isso ocorra, vai depender muito do conhecimento que a pessoa tem, das habilidades e da capacidade de implementar o projeto.

Este artigo possui dicas valiosas sobre como se tornar um empreendedor independente de localização.

É importante também saber sobre o que vai tratar o seu negócio, quem será o seu público e qual será o formato do seu produto digital.

Caso você queira ser um empreendedor digital, recomendo o nosso Clube Privado, onde são ensinados os passos para iniciar um negócio online e escalável.

2. Quanto tempo é necessário para se tornar um nômade digital?

Existem pessoas que com alguns meses fazem o trabalho remoto em qualquer lugar do mundo.

Já outras demoram um pouco de tempo a mais.

Há uma série de motivos que faz com que haja essa diferença, como o tempo dedicado ao negócio, o empenho na execução de tarefas, a aquisição de novas habilidades, o retorno dos investimentos e vários outros.

Não há uma regra fixa, cada caso é único.

Outro aspecto importante é que quem quer ser nômade deve possuir uma reserva e uma fonte de renda.

Não é recomendado sair trabalhando pelo mundo afora sem que haja uma quantia que possa atender alguma emergência que surgir.

3. É preciso ter um tutor ou mentor para trabalhar independente de localização?

No processo de construção de um negócio online é importante contar com a presença de outras pessoas, sejam elas parceiros de negócios ou um mentor.

Mas isso nem sempre é possível e a minha trajetória foi assim (clique aqui para saber mais).

Entretanto, eu tive outros mentores, que foram os autores dos livros. Muitos também tiveram os mesmos mentores que eu.

Neste artigo você pode ver alguns recursos valiosos para você que deseja começar um negócio digital.

Um mentor vai estar um degrau acima e já vai ter passado por situações semelhantes à sua.

Não é uma saída muito barata, especialmente para quem está começando com poucos recursos financeiros, uma vez que o mentor disponibilizará parte do seu tempo para acompanhar o progresso dos mentorados.

Caso a pessoa disponha de recursos financeiros que possam bancar uma mentoria e queira ter resultados mais expressivos em um espaço menor de tempo, é algo que pode ser pensado e aplicado.

Conclusão

Muitas empresas já utilizam o trabalho remoto nas modalidades de home office e em teleconferências.

No entanto, quando se é um nômade digital é possível trabalhar a partir de qualquer lugar que tenha um computador e uma conexão com a Internet.

Trabalhar como freelancer é uma das modalidades, a outra é tornando-se um empreendedor digital, que é o foco aqui deste blog.

O tempo para se tornar nômade leva em conta uma série de fatores, desde alguns que são estritamente pessoais até o empenho que será empregado nas atividades a serem executadas.

E no caminho poderemos encontrar alguém que nos auxilie, seja por meio de vídeos, de livros, de podcasts ou até mesmo pessoalmente.

Tem mais alguma dúvida sobre nômades digitais? Clique aqui e leia este artigo!

Caso este artigo tenha feito sentido para você, compartilhe-o em suas redes sociais.

Participe das discussões comentando abaixo, sobre o artigo e se tem mais alguma dúvida sobre nomadismo digital.

Assine também nosso canal do YouTube para receber nossos vídeos de forma prioritária.

Hoje fico por aqui. Um forte abraço e vejo você em algum lugar do mundo!

Em prol do seu sucesso,

Marcus Lucas - Assinatura  

“Quanto maior a dificuldade, tanto maior o mérito em superá-la.” – Henry Ford

Fique Atualizado, É 100% Grátis!

Gostou deste artigo? Então digite seu e-mail para receber atualizações:

Você tem mais alguma dúvida sobre trabalho remoto ou nomadismo digital? Comente abaixo! 🙂

ARTIGOS RELACIONADOS
MARCUS LUCAS
CEBU, FILIPINAS

Marcus Lucas, além de Mestre em Sistemas de Informações Globais e Telecomunicações pela Waseda University, Japão, é empreendedor digital nômade e autor, apaixonado por automação de negócios e lifestyle business.