Digite seu e-mail abaixo, e alavanque sua vida – e seu negócio – para o próximo nível!
* Anti-SPAM: Seus dados nunca serão vendidos nem repassados para terceiros.

Estilo de Vida Mentalidade

7 Maneiras Inteligentes de Lidar com Pessoas Tóxicas

Por

Sobreviver aos altos e baixos e passar por cima das mudanças de humor de outras pessoas pode ser muito desafiador. É importante, porém, lembrar de que pessoas temperamentais e negativas podem estar passando por uma fase difícil em suas vidas.

Elas podem estar doentes, extremamente preocupadas, ou mesmo sentindo a falta daquilo de que necessitam em termos de amor e apoio emocional. Pessoas como estas precisam ser escutadas, apoiadas e cuidadas.

Embora, por qualquer que seja a causa de suas mudanças de humor repentinas e negatividade, você ainda precise se proteger do comportamento delas às vezes.

Mas existe outro tipo de comportamento temperamental e negativo: o do bulinador tóxico, que usará seus balanços de humor para intimidar e manipular. Este é o aspecto do temperamento ruim, que inflige abusos e miséria duradouros.

Se você observar estas pessoas de perto, você perceberá que as atitudes delas são exageradamente pensando em si mesmas. Suas relações são priorizadas de acordo com a forma como cada uma pode suprir suas necessidades pessoais.

Este é o tipo de comportamento que pretendo explorar neste artigo, o comportamento de pessoas tóxicas. Então, como você pode lidar com essa implacável toxicidade peculiar de outras pessoas?

1. Siga Adiante Sem Pessoas Tóxicas.

Se você conhece alguém que insiste em manipular a atmosfera emocional destrutivamente, então, tenha certeza: eles são tóxicos.

Se você está sofrendo por causa das atitudes deles, se a sua compaixão, sua paciência, seus conselhos e sua atenção não parecem ajudá-los, e eles não parecem importar-se nenhum pouquinho, pergunte-se: “Eu preciso desta pessoa em minha vida?”

Quando você deleta pessoas tóxicas do seu ambiente, torna-se muito mais fácil respirar. Se as circunstâncias lhe garantem isto, então, deixe esta pessoa para trás e prossiga quando for necessário.

E se precisar conviver com elas por alguma razão, considere os próximos pontos.

2. Pare De Fingir Que O Comportamento De Pessoas Tóxicas É Bom.

Se você não tomar cuidado, pessoas tóxicas podem usar seu comportamento temperamental para conseguir tratamento preferencial, porque… bom… parece mais fácil, para aquietálas, escutar suas retóricas aborrecidas.

Não se deixe passar por bobo. Facilidades por um tempo curto significarão sofrimento por longo período de tempo para você, em situações como estas.

Drama constante e negatividade são coisas com que nunca vale a pena se conviver.

Se alguém a cima de 21 anos de idade não consegue ser um adulto racional, confiável, de um modo regular, é hora de ser.

3. Imponha-se Sobre Pessoas Tóxicas (Ou Descarte-As Da Sua Vida Por Completo).

Defenda a você mesmo. Algumas pessoas farão qualquer coisa para seu próprio ganho às custas de outras: furar filas, tomar o dinheiro e a propriedade, bulinar e desmerecer, jogar a culpa, etc.

Não aceite este comportamento. A maioria destas pessoas sabem que estão agindo errado e irão desistir surpreendentemente rápido quando confrontadas.

Na maior parte dos meios sociais, as pessoas tendem a permanecer quietas até que alguém se imponha. Então, IMPONHA-SE.

Algumas pessoas tóxicas irão usar a brabeza como uma maneira de influenciar você, ou elas podem não lhe responder, quando você está tentando comunicar-se, ou interrompê-lo e começar a falar negativamente sobre alguma coisa de que você gosta.

Se você se atrever a falar mais alto e responder ao comportamento delas de maneira adversa, elas poderão surpreender-se ou ficar com mais raiva, por você ter transpassado o comportamento temperamental delas.

Mas você deve falar mais alto de qualquer forma e, se não surgir efeito, considere descartar essas pessoas inflexíveis e negativas da sua vida por completo.

4. Se Necessário, Coloque Os Pés No Chão.

Sua dignidade pode ser atacada, devastada e desgraçadamente zombada, mas jamais pode ser tirada, a menos que você se entregue a isto. Só depende de encontrar a força para defender seus limites.

Demonstre que você não será insultado ou desmerecido. A mensagem é clara: não há recompensa para indiretas, e nenhum jogo será feito para cima de você.

Pessoas realmente tóxicas poluirão todos ao seu redor, inclusive você, se você lhes permitir. Se você tentou ser racional com elas, e elas não estão se ajudando, não hesite em deixar de dar espaço a elas ou ignorá-las até que aprendam.

5. Não Leve O Comportamento Tóxico Delas Para O Lado Pessoal.

São elas, e não você. As pessoas tóxicas tentarão alegar que, de alguma maneira, você fez algo errado.

E porque o botão “sentir-se culpado” é grande em muitos de nós, até o argumento de que fizemos algo errado pode machucar nossa autoconfiança e desacomodar nossa mentalidade bem resolvida.

Não deixe que isto aconteça com você.

Lembre-se que existe uma grande liberdade que vem até você, quando você não leva nada para o lado pessoal. A maioria das pessoas tóxicas se comportam negativamente, não só com você, mas com todos aqueles com quem interagem.

Mesmo que a situação pareça pessoal, mesmo que você se sinta insultado diretamente, de modo geral, não tem nada a ver com você.

O que elas dizem e fazem, as opiniões que elas têm, baseiam-se inteiramente em suas próprias reflexões pessoais.

6. Pratique A Compaixão Prática.

Por vezes, faz sentido ser simpático com pessoas tóxicas que você saiba que estejam atravessando uma fase difícil, ou aquelas que estão sofrendo de uma doença. Não há questionamentos nisto.

Pessoas tóxicas podem ser angustiadas, depressivas, ou mesmo mentalmente ou fisicamente doentes, mas você ainda precisa diferençar o problema real delas da maneira como se comportam em relação a você.

Se você deixa as pessoas se saírem bem com algo errado, porque elas estão angustiadas, encarando um problema médico, ou deprimidas…

Mesmo assim, você está fazendo com que isto seja um prato cheio para que elas continuem usando sua situação desfavorável, inconscientemente, como um meio para chegar a um fim.

Existem muitas pessoas que estão passando por extremas dificuldades e que não são tóxicas para todos ao redor de si. Somente podemos agir com compaixão genuína quando estabelecemos limites.

7. Dê Tempo A Si Mesmo E Recarregue As Energias.

Se você é forçado a conviver ou trabalhar com uma pessoa tóxica, então, certifique-se de poder tirar tempo para relaxar, descansar e recuperar-se.

Ter de jogar as regras de um adulto racional e centrado na cara da temperamentalidade é exaustivo, e se você não tomar cuidado, a toxicidade poderá afetar você.

Outra vez, entenda que até mesmo as pessoas que possuem verdadeiros problemas e doenças clínicas são capazes de compreender que você também tem necessidades, o que significa que você pode, educadamente, desculpar-se quando precisar.

Você merece este tempo afastado.

Você precisa pensar pacificamente, livre de pressão e de comportamento tóxico. Sem problemas para resolver, limites para estabelecer, ou personalidades para satisfazer.

Por vezes, você precisa dar tempo a si mesmo, longe deste mundo ocupado, que não dá tempo a você.

Aproveite esse tempo também para autoreflexão e, se aplicável, buscar remover hábitos tóxicos próprios.

E, se necessário, medite. Meditação pode fazer milagres para sua saúde mental e emocional.

E uma pergunta para você…

Como você lida com pessoas tóxicas?

Participe nas discussões abaixo, leio todos os comentários e busco responder todos.

Forte abraço,

Marcus Lucas - Assinatura  

“O homem superior vive em paz com todos, sem agir como todos. O inferior age exactamente como todos e não consegue convencer ninguém.” – Confúcio

Fonte Adaptada: http://www.marcandangel.com/2013/12/08/7-smart-ways-to-deal-with-toxic-people/

Fique Atualizado, É 100% Grátis!

Gostou deste artigo? Então digite seu e-mail para receber atualizações:

E você, como lida com pessoas tóxicas? Participe nas discussões abaixo!

ARTIGOS RELACIONADOS
  • keiko delgado

    Ola Marcus Obrigada por tudo!…
    Atualmente tenho ótimo emprego…próximo a minha residência…e bla…bla…papo furado não e o meu caso….Eu não sei se virei MANIACA ou e Doença…Eu amo tanto o Money…que não consigo nem dormir…tomo tranquilizantes…revivendo meu passado de muita Riqueza…perdi tudo ate o ultimo imóvel possuía no Brasil.Nao Aceito!….Entao fiquei mentalmente doente…e sabe por que?Por causa dois Seres que eu mais amei nesta Encarnação…Meu Filho Único e Meu Amado Marido…Tomaram tudo…São Seres Toxicos?Claro…sem duvida alguma….Mas como abandonar Seres que e a Razao da sua Existencia?…Para você pode ser fácil…e jovem…e Homen…..pensa diferente….vou recomeçar do nada…quer dizer com o pouco que restou…depois conto meus planos….quero ganhar sem dar o Duro….por que mereço…..me de as dicas ON-LINE.By!…

    • Ulisses Pereira

      Hoje de manhã tb discordei com uma pessoa tóxica em meu blog e puxei a descarga!!! Você se arrebenta para fazer um artigo sobre o google e vem uma babaca detonando..aff. As pessoas tóxicas pensam que sucesso cai do céu e ainda tentam,apenas tentam sugar as nossas energias…apontei o tradiconal botão da descarga e blobloblbobloblbo,,,foi-se!

      • Olá Ulisses,

        Algumas vezes precisamos passar para a outra, se desfazendo de coisas negativas ou pessoas que não são tão importantes para nossa felicidade e bem estar.

        Flush it! 🙂

        Abraços,
        Marcus

  • Kelvin Martins

    Belo artigo
    Com certeza ajudará a muitos a lidar com esse tipo de pessoa.
    Abraço

    • Olá Kelvin,

      Grato pela participação.

      Abraços!

  • Belo artigo meu amigo caiu como uma bomba em situação que passo com problemas familiares, mas quem não têm que se atreva a ativar a primeira clicada,todos nós nos tornamos seres que involuntariamente somos obrigados a conviver com problemas,pessoais,profissionais,familiares,etc…. Agora conseguir se livrar dessa toxina toda realmente é o grande segredo porque as pessoas adoram transferir problemas, o ser humano continua na grande maioria o mesmo primata e troglodita em busca de prazer e a fugir da dor.

    • Olá Wagner,

      Excelentes as suas colocações, principalmente “as pessoas adoram transferir problemas”.

      Muita vezes, apenas pelo fato de “desabafarem”, o que normalmente acontece múltiplas vezes, acaba fazendo essa transferência de energia… e acaba caindo em quem não tem relação nenhuma com a história.

      Muito interessante seu comentário, complementou bem o artigo!

      Abraços.

  • Olá. Excelente artigo

    ‘Precisamos estar atentos com a embriaguez que o mal nos provoca e o bem como aliado, estaremos sempre sóbrios para saber que esta sintonia negativa não tem o poder de nos alcoolizar se estamos vigilantes’ Jader Amadi

    Abraços

    • Olá Aline,

      Muito interessante a citação mencionada por você, fantástica no complemento do artigo.

      Abraços!

  • Tiago Martins

    Olá,

    Pessoas tóxicas prejudicam bastante o nosso sucesso e acabam por criar crenças limitantes em nós. Eu me livrei delas e se encontrar alguma, simplesmente me passa ao lado.

    “Rodeie-se de pessoas que puxem por si”, ou seja pessoas que tenham objetivos e que lutem por eles!

    Abraço,
    Tiago Martins

    • Olá Tiago,

      Pessoas tóxicas normalmente querem “impor a realidade” delas sobre a sua, o que pode realmente acabar inserindo involuntariamente crenças limitantes.

      Ótimo comentário e participação!

      Abraços.

  • Gina Carvalho

    Eu farei um vídeo, que faz parte da série Temos todos os recursos dentro de nós, ensinando como neutralizar os efeitos danosos destas pessoas sobre nós. Muita Luz!

    • Olá Gina,

      “A chave está dentro de nós” 🙂 Adorei! Muito gostosa a sua participação nas discussões, como sempre 🙂

      Abraços.

      • Gina Carvalho

        Obrigada Marcus pelo elogio.

        Muita Luz!

  • Marcus, meu jovem, obrigado. Grato pela adaptação, pelo artigo e o compartilhamento. Li, reli, e o teu perfil, e os comentários todos. Tipo da matéria que gostaria de ter escrito ao mundo. Parabéns! Teria sido uma maneira de dizer, sem raiva, rancor, de ódio superado. Pena? Preservação! Sobrevivência! Foi uma pessoa assim que destruiu meus negócios, mas, principalmente,minha família, dois filhos, duas filhas, meu tudo… Disse-o bem Wagner Blasio. Passei por Keiko de novo… Você acabou me confirmando uma sacada de um tempinho atrás… Obrigado, novamente. Te devo uma validação. Abraço. Saúde, paz e sucesso à todos aqui.

    • Olá Arian,

      Muito obrigado pela participação nas discussões.

      Fantásticas suas colocações, e é por isso que temos que ter sensibilidade e um bom filtro para evitar pessoas tóxicas desde o início, assim preservamos nossa saúde emocional.

      Seja sempre bem-vindo para comentar por aqui.

      Forte abraço!

  • Que artigo bacana Marcus, é uma grande verdade tudo que disse, por vezes nos vemos obrigados a lidar com este tipo de gente que se não tem algum problema, simula algum personagem para nos neutralizar, e ter assim nossa atenção, o que acaba por vezes consumindo nossa energia e disposição. Haja inteligencia emocional para lidar com isso, o melhor a fazer e sempre que possível manter distancia mesmo.

    Muito obrigado pela super leitura, grande abraço e sucesso.

    • Olá Joelson,

      Sacadas fantásticas sobre o perfil de algumas pessoas tóxicas, ótimo complemento ao artigo!

      Grato pela participação.

      Forte abraço!

  • Olá Marcus,

    Por acaso você tem o dom de prever as coisas? Pelo menos para mim parece que isso se afirma, devido às pessoas tóxicas com quem tenho convivido. Algumas bem próximas, outras nem tanto.

    A maioria das que conheço mostra demasiada preocupação, não entendem ou não quer entender nosso estilo de vida e assim, acaba por prejudicar nossos planos, caso não saibamos lidar com essa situação. Algumas são tão tóxicas que chegam a pedir atenção, como se fosse a última coisa na vida.

    Aliás, o artigo e um e-mail enviado dias atrás com o título “Estou morrendo…” se completam. O que tem de pessoas tóxicas que pensam que não podem fazer nada por algum tipo de limitação (idade, condição financeira, saúde, etc.) não está no gibi. Penso que se usassem o tempo mais para fazer algo útil ou pelo menos superar um problema, ao invés de reclamar e se fazer de coitado, as coisas seriam muito diferentes.

    Deixo aqui meus sinceros parabéns pelos e-mails e também por mais este artigo, todos com a qualidade no topo!

    Grande abraço e sucesso sempre!

    • Grande Fábio!

      Exatamente, algumas pessoas podem ser inflexíveis ao extremo no ponto de não quererem se colocar nos nossos sapatos, com noções pré-concebidas de como o “mundo real” funciona.

      UAU! Você tocou em um ponto muito interessante, no das “pessoas tóxicas que pensam que não podem fazer nada por algum tipo de limitação”.

      Sempre ouço isso também, no estilo:

      “Você pode (ou conseguiu) por causa disso… ou por causa daquilo… mas a minha ‘realidade’ é muito diferente!”

      Regra pessoal #1:

      Sempre seja cordial com estas pessoas, apesar de bandeira com o título ‘possível pessoa tóxica… evite!’ sempre seja levantada em nossas cabeças.

      Muitas vezes precisamos manter um certo limite no que diz respeito ao quanto queremos nos relacionar com estas pessoas.

      Uma amiga minha uma vez me disse na brincadeira: “Intimidade na amizade pode ser uma bosta!” – pois foi quando tínhamos passado nos limites do tipo de informações que estávamos sujeitos a compartilhar um com o outro.

      Muito grato pelas participações extremamente relevantes e que são ótimos complementos aos materiais nos artigos por aqui.

      Forte abraço!

  • Luizinho Papadoc

    Querido Marcus… penso que esse artigo ajudou e ainda ajudará a muitas pessoas! Pois viver e conviver com “pessoas tóxicas” é coisa comum nos dias atuais… digo isso porque elas se encontram praticametente em todos os ambientes e lugares. Mas o que faz a diferença nisso tudo é a maneira como agimos e reagimos junto a elas… e é justamente ai que o seu artigo chega e contribui imensamente dando dicas preciosas a todos nós! Parabéns e muito obrigado! 🙂

    • Olá Luiz,

      Muito feliz que este artigo que tido uma ótima repercussão! Se puder, compartilhe com outras pessoas 🙂

      Exatamente, como agimos e lidamos com pessoas tóxicas faz toda a diferença na nossa saúde mental e emocional.

      Forte abraço!

  • Magnífico artigo, Marcus, cara, sem palavras mesmo…
    Eu me encontrei em vários pontos que você citou, e pouco a pouco vou melhorando!

    Um abraço meu caro!

    • Olá Natanael,

      Muito feliz que este artigo tenha sido útil para você!

      Grande abraço e aproveite o dia.

  • Maciel Santos

    Ciao Marcus sei un grande e tutto quello che ha detto e la pura verità

    • Olá Maciel,

      Grato pela contribuição 🙂

      Abraços!

  • Muito interessantes e úteis as dicas Marcus!

    Realmente, trabalhar com pessoas tóxicas vai matando a gente aos poucos, pois elas vão minando nossa autoestima se não nos posicionarmos ativamente contra esse tipo de comportamento nocivo.

    Posso dizer que no passado fui uma pessoa tóxica, não elogiava ou ajudava ninguém, somente acusava, reclamava e pensava somente no meu bem-estar.

    Não me defendendo, mas eu não fazia isso de forma proposital, ou de uma forma má, porque, devido a acontecimentos em minha vida em que sofri traições, desrespeito e frustrações diversas, acabei me envenenando e isso desencadeou este tipo de comportamento.

    No entanto, isso só serviu para distanciar as pessoas boas e atrair outras pessoas tóxicas…

    Realmente, não vale a pena!

    Bom, felizmente consegui mudar isso há um bom tempo e hoje sou outra pessoa, transformada, renovada e desintoxicada.

    E com a mudança, fui conhecendo novas pessoas, que são companheiras e que de uma forma ou de outra contribuem para o meu crescimento.

    Quero agradecer aqui, o fato de você também ter contribuído para o meu crescimento pessoal e profissional, porque você mostra com atos que é possível ser uma pessoa boa, generosa, que pensa nas outras pessoas e ser bem sucedido… o resultado está ai pra todo mundo ver!

    Valeu Marcus, desejo tudo de bom pra você sempre!

    Grande abraço!

    • Olá Cristhian!

      Ótimas as suas contribuições, acredito que todos passamos por momentos em que adquirimos algumas características de “pessoas tóxicas”, o importante é estarmos cientes disso para podermos mudar o rumo para melhor.

      Fantástico como a mudança de mentalidade nos trás pessoas com energias positivas… muito bacana o seu depoimento sobre isso.

      Muito feliz com as suas palavras, elas me passam como um combustível para sempre buscar melhorar e ir além.

      Energias positivas para você e grande abraço!

      • Muito obrigado pela consideração Marcus!

        Tudo de bom pra vc.

        Grande abraço!!

    • Beto Andrade

      Cristhian, vc parece ter me descrito. Acrescento algo interessante, que antes eu achava boas as pessoas tóxicas, egoistas e hipócritas, e as pessoas realmente boas eu as achava fracas, sem graça. Não é preciso dizer que me dei muito mal com isso e tomei muito rodo pois não sabia viver neste ambiente pois sempre busquei algo bom nas pessoas ruins. Essa mudança não é fácil socialmente mas muito melhor assim do que se manter tóxico.
      Abs

      • Olá Beto, excelente contribuição.

        Obrigado pelo apoio e desejo tudo de bom pra vc.

        Grande abraço!

  • Marcos Ignacio

    vamos morrendo aos poucos, mas só quando permitimos. Tentamos ser cordiais, dar feedback, ajudar, mas uma característica (ou é um sintoma) dessa DOENÇA é a negação. A refração a qualquer tipo de auxílio, inclusive julgando essas tentativas como ofensas. Portanto, a melhor recomendação (na minha visão e experiência em se tratando de conviver com uma pessoa tóxica no trabalho) é afastar-se de todo e qualquer contato pessoal, assuntos pessoais, discussão de idéias que estão fora do tema trabalho. Falar o estritamente necessário, MANTENDO O RESPEITO, A EDUCAÇÃO, SENDO SEMPRE CORDIAL E ATENCIOSO (até mais do que com os demais “normais”) e FOCANDO NOS RESULTADOS DO NEGÓCIO. Isso diminui muito, embora não elimine, as dores de conviver com uma pessoa assim. Torna o ambiente menos agradável, mas, cá entre nós, não temos que ser obrigados a ser amigos dos colegas em geral. Isso é uma coisa muito latina…
    Para terminar, o desafio é manter as característica do AMOR à frente de qualquer relacionamento, especialmente os delicados como esse com um “Tóxico”. Características do amor? A bíblia fala deles… o amor (ou a pessoa que tem amor) é paciente, puro, bom, não busca interesse próprio, não guarda rancor, é generoso, só fala a verdade… dureza, não? É uma decisão! Não um sentimento ou emoção. Vc precisa decidir-se a tratar um tóxico com amor.

  • Tereza

    Convivo com uma pessoa tóxica e estou fazendo terapia para lidar com isso, pois se trata de meu cônjuge. Essas pessoas são manipuladoras, que não respeitam a opinião e ponto de vista dos outros, são excessivamente críticas e acabam intoxicando nosso comportamento e nos levando a tomar decisões que, em outras circunstâncias, poderiam ser completamente diferente. Me sinto mal, não consigo me expressar e nem defender meu ponto de vista. Na verdade, não sei como lidar com essa pessoa…

  • Excelente post. Realmente, pessoas tóxicas nos tomam tempo precioso e sugam nossas energias e o melhor sempre é sair fora delas.

    Algumas pessoas não querem sair do emaranhado das próprias sombras e gostam de se vitimizar, principalmente quando tem alguém disposto a ouvi-los.

    Claro que devemos dar apoio a quem precisa, mas…se alguém está no fundo do poço, dê a mão, mas se ela não quiser sair, larga e corre, antes que ela te puxe para baixo.

    • Olá Laura,

      Ótima a sua contribuição.

      Como você mesmo expôs, pessoas tóxicas sugam muito a nossa energia (física e mental).

      Energias positivas e avante!

  • adiante*

  • Joel Gayeski

    Ótimo texto. Estou de molho graças a uma queda de bicicleta e a Moema me falou sobre.
    Realmente, no meu dia a dia enfrento pessoas assim e isto veio bem a calhar.

  • Aline Couto

    E quando é alguém da família, muito próximo? O que fazer?

    • André Barreto

      Ouve mais e fala menos. É melhor quando se trata de convivência a dois, pois no caso familiar, já se sabe a intensidade da toxicidade do outro.

  • Gustavo Felippe

    Se você diz que é impossível conversar com alguém provavelmente alguém vai dizer que é impossível conversar com você também. Nada como saber se colocar no lugar do outro.

  • Cristiane

    Gostei muito do seu artigo. Procurei esse tema porque no meu trabalho há uma pessoa extremamente tóxica e já tentou me prejudicar com conversas, manipulações e fazendo-se de vítima. Já dei chances outras vezes, relevei. Mas, percebo que o melhor é me afastar. Ela conseguiu a antipatia de praticamente todos os colegas de trabalho. Eu boba, fiquei com dor dela, mas, infelizmente a proximidade está me prejudicando então decidir afastar e não ter mais nenhum contato.

  • Oliver Oliveira

    Excelente texto. Se pararmos pra pensar, esse assunto resume a maioria dos problemas que passamos com relacionamentos interpessoais e exige muito de nossas habilidades sociais. Acho que dominar o tema melhora muito a nossa vida social. Procurei sobre o assunto porque moro em república e é um prato cheio para problemas de convivência, inclusive com pessoas tóxicas. Infelizmente não são problemas que consigo resolver da noite pro dia, até porque muitos deles estão enraizados e fui deixando eles ficarem mais fortes. Agora o esforço para trabalhar em cima deles é muito maior.
    Quando alguns problemas apareceram tive medo de me tornar negativo por exigir e delimitar o meu espaço e defender as minhas convicções a todo momento. Fui ingênuo porque os problemas só aumentaram e agora sim o clima ficou generalizamente pior e negativo.

MARCUS LUCAS
CEBU, FILIPINAS

Marcus Lucas, além de Mestre em Sistemas de Informações Globais e Telecomunicações pela Waseda University, Japão, é empreendedor digital nômade e autor, apaixonado por automação de negócios e lifestyle business.