Digite seu e-mail abaixo, e alavanque sua vida – e seu negócio – para o próximo nível!
* Anti-SPAM: Seus dados nunca serão vendidos nem repassados para terceiros.

finais de semana
Aprendizado Estilo de Vida Mentalidade Negócios

Retorno Negativo de 60% Sobre Seu Tempo nos Finais de Semana?

Por

Será que nos finais de semana você está recebendo um retorno negativo de 60% sobre seu tempo?

É o pior retorno em sua vida!

Qualquer pessoa que ler meu livro, logo aprenderá que nele, não se trata de dinheiro, mas sim de tempo.

Se você é uma das milhões de pessoas que mal podem esperar pela sexta-seira para se divertirem, é provável que você esteja preso a um estilo de vida terrível, ao qual chamo de Via Lenta.

Siga os planos de riqueza do guru, e eu posso lhe garantir isto: você estará falido com o tempo. Por quê?

Simples. O plano financeiro da via lenta é previsto com base no tempo, e o retorno padrão está baseado naquilo que você produz em 60% dele.

Em outras palavras, você tem dois dias de liberdade em troca dos cinco dias de prisão.

Veja por este ângulo: você me daria $5, sendo que em troca, eu lhe daria $2? Esta é uma troca de 60% de seu dinheiro. Cinco por dois.

Ou ainda, o que você acha disto? Dê-me 5 fatias de pão, e eu lhe darei apenas duas em troca. Ótimo trato?

É claro que você rejeitaria este trato. Você riria de mim e me diria para largar do crack. Ninguém aceitaria este trato.

E mesmo sendo esta oferta de uma natureza tão ridícula, ainda tem boa aceitação por parte daqueles que optam pelo estilo de vida via lenta pelo resto de seus dias.

Os padrões tradicionais dizem que devemos trocar, e aceitar, 5 dias por 2 dias.

Finais de Semana (Sábado e Domingo): o Pagamento de Segunda a Sexta-feira

Adote a via lenta como seu plano financeiro, e os finais de semana serão seu pagamento por trabalhar da segunda à sexta.

Você fará algo chato, que você normalmente não escolheria fazer, por 5 dias, em troca de apenas 2 dias livres.

Você pensa que não estou sendo realista? Não vamos muito longe!

Observe como se sentem as pessoas na sexta-feira à noite, e você comprovará. É verdade! Esta relação constitui a razão pela qual existe a frase “Graças a Deus que é sexta-feira!”.

Em uma sexta-feira à noite, tive uma conversa muito interessante com minha amiga enquanto estávamos em um happy hour. Aquele bar estava cheio e transbordando de pessoas empolgadas e conversas. O barulho de pessoas felizes, clientes cheios de alegria, soava como uma cascata pelo bar.

Neste momento, logo cedo, em uma sexta-feira à tardinha, você nunca imaginaria que uma recessão estaria acontecendo.

Eu perguntei à minha amiga: “O que você ouve?”

Ela disse: “Parece que muitas pessoas estão se divertindo a valer! É quase como uma comemoração!”

Perguntei mais além: “Por quê?”

Ela disse: “É sexta-feira.”

Perguntei ainda mais além… “E o que torna a sexta-feira tão especial? Se viéssemos aqui em uma segunda, o lugar estaria vazio, e não se ouviria sons de comemorações. O que faz com que a sexta-feira seja tão especial, ao contrário da segunda e da quarta-feira?”

Ela me disse com ar de adivinhação: Hmm… As pessoas recebem o salário na sexta-feira?”

Agora que ela parecia ter entendido meu interrogatório paradoxo, eu dei o veredito:

“Você compreende? sexta-feira à tardinha é um momento de celebração, porque as pessoas comemoram os importantes dividendos de sua troca: sua troca de 5 dias de prisão por 2 dias de liberdade. Finais de semana – sábado e domingo – simbolizam a liberdade, e a sexta-seira representa o nascimento desta liberdade por 2 dias.”

As pessoas comemoram as sextas-feiras pelos finais de semana, e por esta razão, a frase “Graças a Deus que é sexta-feira” existe.

As pessoas não só recebem dinheiro na sexta-feira, mas também recebem liberdade em forma de sábado e domingo.

Eu protesto: por que é que todos os dias não podem ser um acontecer de sexta-feira???

Para Concluir

O foco desta postagem é este: cinco por dois não é uma boa troca, a não ser que você a esteja implementando em um sistema ou um negócio que lhe possa dar um bom retorno sobre seu tempo, como 1 por 10 ou 3 por 6.

Você me daria $1, se eu lhe desse em troca $10? É claro que sim. 1 dia doado para receber 10 em troca é um ótimo acordo para você. E que tal 4 por 8? 2 por 7? Todos estes parecem ser ótimos retornos.

Ainda assim, a sombria “troca de 5 dias por 2” é a norma aceitável que a sociedade lhe impôs que suportasse. Você trabalharia trocando 5 dias por 2 de liberdade, caso o que você fizesse pudesse ter um resultado incrível? Então, de que forma você reverte esta troca a seu favor?

  1. Troque seu tempo em um sistema ou negócio, que poderá reverter esta troca a seu próprio favor.
  2. Curta este processo na busca de seu objetivo. Em vez de reclamar, eu troquei 7 por 0. (Eu trabalhei 7 dias e nunca tirei um dia de folga.). Eu curti todo o processo da busca por minha meta. Será que eu amava isto?

Nem sempre, mas eu gostava da ideia de ter total poder e controle sobre meu destino. Eventualmente, minha troca constituiu um dividendo de tempo de 40 anos.

Agora, eu dou 0 dias e recebo 7 dias. Todos os dias são como um anoitecer de sexta-feira.

Saudações!

MJ DeMarco - Assinatura  

Fonte: http://www.fastlaneentrepreneurs.com/2010/thank-god-its-friday/

“O tempo é o melhor autor; sempre encontra um final perfeito.” – Charles Chaplin

Fique Atualizado, É 100% Grátis!

Gostou deste artigo? Então digite seu e-mail para receber atualizações:

Como você encara os finais de semana? São apenas nesses momentos e nos feriados que você comemora algo? Comente abaixo e compartilhe conosco! 🙂

ARTIGOS RELACIONADOS
MARCUS LUCAS
HO CHI MINH, VIETNÃ

Marcus Lucas, além de Mestre em Sistemas de Informações Globais e Telecomunicações pela Waseda University, Japão, é empreendedor digital nômade e autor, apaixonado por automação de negócios e lifestyle business.