Digite seu e-mail abaixo, e alavanque sua vida – e seu negócio – para o próximo nível!
* Anti-SPAM: Seus dados nunca serão vendidos nem repassados para terceiros.

Aprendizado Estilo de Vida Vídeos Diários

Curso de Culinária sobre Comida Tailandesa

Por

A comida tailandesa não é a minha favorita, porém os visitantes do vídeos diários sugeriram que eu fizesse um curso de culinária local.

Moro na Tailândia há alguns anos e uma das coisas que me chama a atenção é a forma que as pessoas daqui se conectam com os alimentos.

Mesmo não sendo um país muito rico, não há pessoas por aqui passando fome, outro fator interessante.

O artigo de hoje não vai tratar diretamente de algo relacionado a empreendedorismo, mas sim um pouco da experiência que tive com a culinária tailandesa.

Por que resolvi fazer esse curso e outras atividades?

Quero mostrar a você, leitor do Libertação Digital, as possibilidades que temos quando trabalhamos independente de localização.

Curso de Culinária sobre Comida Tailandesa

Mesmo não sendo a minha comida favorita, decidi fazer o curso de culinária por causa da conexão que os tailandeses têm com a comida.

Também os visitantes dos vídeos dirários votaram nessa atividade para que eu fizesse, assim como a aula de tiro e o salto de bungee jump.

E outro motivo que pesou na decisão é o fato de a culinária ser parte da cultura local.

Conhecendo mais os pratos típicos e como são preparados é uma forma também de se conhecer o povo e como é sua relação com a alimentação.

Isso tudo fez com que eu decidisse a fazer um curso de culinária tailandesa, e me surpreendi com o quanto que conseguimos aprender sobre a cultura local através dessa linda experiência.

Estou muito empolgado e gravei alguns momentos no vídeo. Assista:

Aqui há uma série de escolas culinárias, eu optei por uma que possui boas avaliações.

A aula começou em um mercado local, onde foram comprados diversos ingredientes para preparar alguns pratos.

Esse mercado possui uma certa semelhança com outros no Brasil, bem como uma área que parece muito feiras livres.

E nesse local o preço cobrado tanto para tailandeses quanto pessoas de outros países é o mesmo, o que é muito vantajoso, uma vez que em certos estabelecimentos há diferenciação de preços para nativos e estrangeiros.

Características da comida tailandesa

Como você viu no vídeo, perguntei à instrutora algumas características dos pratos típicos.

O norte e o sul da Tailândia possuem diferentes comidas, mas uma coisa é comum em toda a comida tailandesa.

Os sabores marcantes – muito salgado, muito doce, muito picante – são a principal característica.

Outra coisa que me chamou a atenção é a variedade de ingredientes para o preparo de um prato.

Isso resulta em uma grande variedade de cores e de sabores.

Uma salada de mamão papaia, por exemplo, é feita com nove ingredientes.

Esses foram alguns dos pratos ensinados no curso:

  • Salada de mamão
  • Rolinho primavera
  • Stick rice
  • Abóbora com leite de coco
  • Pasta de curry
  • Salada Akha
  • Clear soup
  • Pad thai

Um fato interessante, mencionado no curso, é que as cervejas tailandesas são feitas com a água fermentada do arroz do stick rice.

Mesmo não sendo um país rico, não há famintos na Tailândia e perguntei à instrutora o motivo.

Ela respondeu que os templos distribuem comida para quem não tem dinheiro e que em cidades menores as pessoas fazem amizade mais facilmente.

Se alguém passar necessidade sempre haverá outras pessoas por perto para ajudar.

Essa aula de culinária foi, sem sombra de dúvidas, uma experiência muito rica e que proporcionou aprender um pouco mais sobre a Tailândia.

O mais interessante não foi só sentir o sabor da comida, mas também fazê-la.

Conclusão

Normalmente aqui no blog e no canal do YouTube falo dicas de empreendedorismo e estilo de vida.

Qual seria a relação entre o conteúdo do canal e aprender a fazer comida tailandesa?

Quando se é um empreendedor digital ganha-se mais tempo para se fazer outras atividades.

Isso inclui praticar algum hobby, fazer uma viagem, passar mais tempo com família e amigos e até mesmo aprender outras atividades.

O recurso mais valioso é o tempo e quem sabe dominá-lo tem a possibilidade de fazer muitas coisas.

No meu caso, foi aprender um pouco a preparar pratos da culinária tailandesa, pelos motivos já explicados aqui.

Tenho certeza que foi um aprendizado não apenas para mim, mas para quem também participou.

E também espero que sirva de inspiração para você, que está lendo agora.

Hora de colocar a mão na massa!

Mesmo que cozinhar não seja o seu forte, com certeza você deve ter algo que gostaria muito de fazer.

A melhor maneira é você tendo um empreendimento digital.

Clique aqui e cadastre-se para receber mais informações e conquistar as três principais liberdades: de tempo, geográfica e financeira.

Há muito conteúdo bacana no nosso canal do YouTube. Clique aqui para assinar.

Compartilhe este artigo em suas redes sociais e participe do blog, comentando abaixo qual atividade você gostaria de fazer em seu tempo livre.

Um forte abraço e nos vemos em algum lugar do mundo!

Em prol do seu sucesso,

Marcus Lucas - Assinatura  

“A vida é como cozinhar: antes de escolher o que gosta, prove um pouco de tudo.” – Paulo Coelho

Fique Atualizado, É 100% Grátis!

Gostou deste artigo? Então digite seu e-mail para receber atualizações:

Você já fez algum curso de culinária em sua vida? Caso não seja o seu forte, o que você gostaria de fazer no seu tempo livre? Comente abaixo e compartilhe sua experiência! 🙂

ARTIGOS RELACIONADOS
MARCUS LUCAS
HO CHI MINH, VIETNÃ

Marcus Lucas, além de Mestre em Sistemas de Informações Globais e Telecomunicações pela Waseda University, Japão, é empreendedor digital nômade e autor, apaixonado por automação de negócios e lifestyle business.